Blog

Talento e superação nas piscinas

Nascido com uma má formação congênita conhecida como mielomeningocele e hidrocefalia, doença que acomete o tubo neural, Allan Hübner Julio, 14 anos, as limitações e sua deficiência  física não deixou que o problema de saúde o impedisse de vencer. Mesmo com uma lesão que compromete os movimentos abaixo do quadril (L3), o adolescente se aventurou na natação, e, desde então, vem colecionando emocionantes vitórias.

Em sua primeira participação no PARAJESC (Jogos Paradesportivos Escolares de Santa Catarina), realizado na cidade de Indaial (SC), Allan conquistou medalha de ouro em cinco provas, nas categorias 25 e 50 metros livres, 25 e 50 metros costas e 25 metros peito. Tanto sucesso fez com que ele fosse convocado para disputar as Paralimpíadas Escolares Lotérica Caixa 2019, realizadas de 20 a 22 de novembro, em São Paulo (SP).

Nessa importante competição nacional, Allan faturou mais três medalhas de ouro, chegando ao topo do pódio nas provas 25 metros livre (S6), 25 metros costas (S6) e 25 metros peito (SB5).

Como tudo começou? Desde seu nascimento, Allan sempre foi estimulado a praticar atividades, como fisioterapia e exercícios físicos, tais como a natação. Frente ao seu destaque nas águas, ele iniciou treinamentos com o Projeto Transcender de Brusque (SC), voltado para atletas PCDs, e que existe desde 2003.

A Kadesh apoia e estimula a prática de exercícios físicos e deseja muito sucesso e felicidades a atletas como Allan, que por meio da superação, vem alcançando importantes conquistas em competições diversas, e também em sua vida pessoal.