Blog

Palmilha Antiperfuro: aço ou fibra de aramida?

Um dos itens importantes dos calçados de segurança é a palmilha antiperfuro ou antiperfurante. Este é um opcional e tem como função proteger a sola do pé do trabalhador de objetos perfurantes e cortantes, como vidros, pregos, arames, entre outros.

São dois tipos de materiais que podem ser usados na confecção das palmilhas antiperfuro: aço ou fibra de aramida. E se você quer saber mais sobre esses dois tipos de palmilhas, suas características e as diferenças entre elas, continue aqui no blog, que vamos explicar tudo.

Palmilha antiperfuro de aço

O aço é o material mais tradicional usado para a confecção de palmilha antiperfuro. Seu formato é de uma palmilha normal, porém muito semelhante a uma folha de aço.

Protege os pés do trabalhador contra objetos cortantes e perfurantes, entretanto tem algumas desvantagens. É pouco flexível, desconfortável ao caminhar e detectável nas portas giratórias de bancos, o que pode atrapalhar quando usada fora do ambiente de trabalho.

Outro ponto é que quando o trabalhador pisa em um prego, por exemplo, a palmilha de aço protege contra a perfuração, mas o local aonde houve o contato com o prego fica amassado e não tem como desamassar.

Palmilha antiperfuro de fibra de aramida

A palmilha feita em fibra de aramida é um grande avanço tecnológico no setor de segurança do trabalho e vem gradativamente substituindo a palmilha de aço, devido às vantagens que ela oferece.

É feita com tecido formado por tramas em fios de aramida super-resistente, o mesmo material utilizado em coletes a prova de balas. E, ao contrário da confeccionada em aço, essa palmilha é extremamente flexível e imperceptível ao caminhar.

A resistência à perfuração por pregos, parafusos e outros materiais mais espessos chega a ser sete vezes maior que a palmilha de aço. Outra vantagem é que ela possui propriedades isolantes, sendo ideal para o trabalho com energia elétrica.

O que é a fibra de aramida?

Inventada em 1965, pela química americana Stephanie Kwloke, a fibra de aramida foi registrada com o nome de Kevlar®, pela Dupont, e inserida no mercado oficialmente em 1971.

É uma fibra sintética de alta resistência, que foi criada para ser uma alternativa mais leve que o aço. Suas aplicações são diversas: palmilhas, cintos de segurança, coletes à prova de balas, capacetes, luvas de proteção, tanques de combustível, construções aeronáuticas, entre outras.

Desde sua invenção, Stephanie levou cerca de 15 anos para aperfeiçoar o material e chegar no resultado desejado, ou seja, uma fibra extremamente leve e resistente, capaz de proteger até cinco vezes mais que o aço.

A fibra de aramida tem como característica uma excelente resistência mecânica, estabilidade dimensional, resistência à abrasão e resistência térmica. Por isso, dentre todas as fibras sintéticas, a aramida oferece um dos maiores níveis de proteção.

 

Confira também o vídeo que produzimos mostrando as diferenças entres os dois tipos de palmilha antiperfuro.

Precisa de ajuda? Converse conosco